quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Reflexos

É só sua face derretendo
E um buraco sendo feito
Aqui dentro do meu peito.
Você está me entendendo?

Quando todas as festas acabam
E a bebida começa a subir,
Nunca sei para onde ir
Sem ver as luzes que ofuscam.

Ou era somente uma imagem
Numa poça d'água
Durante essa longa viagem?

Caminho como uma régua.
Seria miragem?
A dor é que me apazígua.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário