quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Ser

Fui ser resignado;
Fui ser feliz;
Fui ser participativo;
Fui ser de expectativas;
Fui um ser de uma incólume
Irrelevância existencial.

Fabiano Favretto

Crônica curta do afoito

BANG BANG!

- Era corajoso, mas quem atirou,
está vivo por aí.

Fabiano Favretto

Nada

Buscastes nos céus
O sentido da vida,
Nos mares a razão
Da sua existência,
E em terra firme
Motivos para caminhar:
Nada encontrastes.

Fabiano Favretto

Limites

É feriado, ficaste sozinho
E teu peso é tão denso
Quanto o seu próprio desespero.
Teus amigos chamaram,
Mas hoje não foste forte.
Amanhã também não o será.
Preparou seu telescópio,
Mas a Lua a ti negou o brilho.
As estrelas desapareceram
Nas entranhas da noite nublada.
Está só no universo,
E tal mistério não vai além
Dos limites do próprio
Coração.

Fabiano Favretto

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Obrigado

Obrigado por me matar
Uma vez mais,
Antes que eu criasse,
Ou simplesmente tentasse
Criar aquela tenaz
Força para te amar.

Fabiano Favretto

Romantismo contra a corrente

O mundo não suporta mais os românticos
Pelo que representam e pelo que são;
Por não fazerem mais sentido
Nesse tempo e nesse espaço em questão.

Fabiano Favretto

sexta-feira, 6 de outubro de 2017