sábado, 15 de outubro de 2016

Nostalgia d'amore

Faço-me de forte
E finjo que não ligo.
Em cada dia um novo corte
Aqui dentro comigo.

Tento afastar estes pensamentos,
As lembranças de tempos bons;
Mas tu me vêm a cada momento
Junto com os mais belos sons.

Mesmo que eu fuja de mim,
Mesmo que não tente te encontrar,
Quem sabe este amor é sem fim.
Antes, mais fácil minha vida acabar.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário