quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Eu Palhaço Fracasso

Ei todos vocês!
Venham admirar o meu fracasso!
Venham ver este ser ignóbil,
Patético e esperançoso.
Pobre coitado,
Mal aguenta o peso
Sobre as suas pernas...
Seu peso constituído de responsabilidades!
Mal pode ele, coitado, sustentar
Uma afirmação sem cair
Em redundante contradição.
O espetáculo é gratuito,
Venham apreciar
E deleitar-se com a desgraça alheia,
E gozar-se com a infelicidade minha.
Ei todos vocês!
Venham admirar o meu fracasso!

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário