segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Pensando em seus cabelos

Deito olhando para o teto
Pensando em seus cabelos
Com inimagináveis cheiros,
Fazendo em meu rosto afeto.

Fazendo cócegas em meu rosto,
Enquanto tu olha a sorrir
Em meus olhos, o ir e vir
Fazer amor, com muito gosto.

E como tentáculos grudam,
Seus cabelos em nosso suor.
Nossas bocas se cruzam,

A cada instante fica melhor.
Que meus sonhos me iludam!
Acordarei em manhã de dor.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário