segunda-feira, 6 de abril de 2015

Morte do papagaio mudo

E de repente,
Foi somente
Um bater de asas.
Somente um.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário