domingo, 25 de dezembro de 2016

Nuvens cinzas

O céu agora se torna amarelo,
E de amarelo, nuvens viraram cinzas.
Eis que cairão hoje à noite,
Ou mesmo amanhã,
Todas estas lágrimas
De chuva.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário