quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Chumbo grosso

Desferi tiros no peito
De uma arma chamada amor.

Não morri por inteiro;
Tenho hoje cicatrizes de rancor.


Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário