sexta-feira, 10 de março de 2017

Não que eu

Não que eu rime,
Jamais o faria.
Até seria sublime;
Eu conseguiria?

Não que eu escreva,
Nunca o consegui.
Umas palavras aqui,
Nenhuma que me descreva.

Não que eu pense,
Nunca tentei;
O que eu falei
Não me convence.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário