quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Viva!

Mate sem alarde,
Mate sem moderação.
Mate a saudade,
Mate o seu coração.

Mate o sereno,
Mate a madrugada!
Mate sem veneno,
Mate não pela espada.

Mate à vontade,
Mate sem morte.
Mate sem vaidade
Mate a sorte.

Mate a relva!
Mate o que sobrou de raiz.
Mate sem raiva
Mate o tempo em que foi feliz.

Mate-se.
Aí depois de matar-se,
Não morra.
Substitua o "mate" pelo "viva".
E viva!

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário