domingo, 21 de janeiro de 2018

Esquecido

Eu perdi minha popularidade,
Eu perdi a popularidade que nunca tive,
Eu perdi toda fama e comoção, inclusive,
E perdi toda minha dignidade.

Eu perdi minha voz de locução
E meu espaço neste nosso espaço,
E me perdi em meu cansaço
E em meio à toda essa elucubração.

Eu perdi em mim mesmo o reconhecimento
E não há nada que o faça encontrar,
Embora eu busque um menor contentamento;

Mas eu perdi o que deveria procurar
E nesse processo de auto-esquecimento,
Também esqueço o que deveria olvidar.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário