domingo, 14 de janeiro de 2018

Aquela que faz o céu ser azul

Desde o presente, para aquela que faz o céu ser azul.

I - Dos olhos

Claros e verdes como fonte natural
Despertam em mim bons sentimentos:
Querer você todo momento
E querer livrar-te de todo o mal.

São piscinas doces que me fazem viajar
E olhá-los quando me olhas é aprazível,
De uma força justa de poder e indizível
Que faz parte do querer te amar.

Gosto quando de mim desvia o olhar
Afim de disfarçar o que você pensa,
Mas isso você pode me contar

Pois sabes que a sua presença
É capaz de me causar
Amor que a ti pertença.

II - Da pele

A pele tatuada, tão bem composta
É redigida de cultura e arte,
E dela flores fazem parte
Delineando lindamente suas costas.

Tem um tato deveras macio,
E suas mãos me aconchegam,
E assim a ti meus pensamentos chegam
Na tua boa lembrança que agracio.

Sua pele é a moldura
De uma beleza tão sincera,
E a sua imagem em mim perdura

Numa alegria que não se encerra:
És um remédio que me cura
Que toda a dor já me erra.

III - Das Músicas

Nossos gostos se combinam
E nossos estilos se completam,
Na música nossas coincidências revelam
Aquilo que nossos corações instigam.

Entende das boas músicas
E formada de atitude as compreende;
As músicas na vida empreende
Usando de bom senso e métricas.

Me mostras a musica da tua essência,
E do teu ritmo tenho gostado
A tua letra, composição em ciência,

Tenho muito apreciado
E a propósito foi a influência
Por ter da tua música tanto gostado.

IV -  Do Teatro

Tanto faz Melpômene ou Thaleia,
Das Musas é só você que me importa,
Pois se o amor me bateu na aorta
Da dor a vida minha é alheia.

És atriz, mas a vida não permite ensaios,
Porém tens improvisado muito bem
E assim me feito bem também
Pois desde então não mais me traio.

O teu palco é o mundo
E meus holofotes estão mirados à você,
Com brilho intenso e profundo

Sua presença me é tão marcante,
Que no meu coração, lá no fundo
Tenho medo da tua ausência sufocante.

V - Dos Girassóis

Se eu sou um girassol,
Tens sido minha estrela maior,
E também minha luz melhor,
O meu verdadeiro Sol.

Os girassóis melhores
Buscam sua luz triunfante,
Teu sorriso, sentimento infante
Desperta todos meus amores.

Por onde tu fores,
Estarei voltado a ti, amor,
Afim de em ti encontrar os fatores

Que me fazem de maneira melhor,
Esquecer das minhas dores
E a ti fazer sentir-se melhor.

Fabiano Favretto






Nenhum comentário:

Postar um comentário