domingo, 5 de fevereiro de 2017

Soltos

E os cabelos ruivos
Como um por-de-sol,
Deram total sentido
À essa minha pobre tarde.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário