quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Escrevi para você

Escrevi para você
Uma canção de amor.
Mas não a cantei
Por existir ainda rancor.

Escrevi para você, também,
Um soneto ao luar.
Para que nas noites frias
Tenha algo a me consolar.

Escrevi para você uma epopéia
Com rimas fracas de significado:
A cronolologia desse amor
Sujo, frio, e resignado.

Fabiano Favretto

2 comentários:

  1. Escrever pra deixar a pessoa eternizada nas tuas palavras. Isso tbm é bonito!!

    beijoo'o
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha
      Se no meu coração eternizada estava,
      Porque não nas minhas palavras?

      Beijos.

      Excluir