domingo, 1 de janeiro de 2017

Formosidade irreverente

Você é folha seca em tarde de outono,
Carregada pela última brisa quente:
Texturiza toda forma alheia ao abandono
Da beleza - formosidade irreverente.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário