terça-feira, 8 de novembro de 2016

Este tempo todo

Encarecido de boa companhia,
Gostaria de tê-la por perto,
Pois sei que a minha alegria
Não está neste peito aberto.

Tão só, tão mísero moribundo,
Ao bater de asas neste mormaço,
Sei que meu coração é um vagabundo
Que loucamente anseia por seu abraço.

Nada está mais distante de mim
Do que as estatísticas vem mostrando:
É dado o começo do meu fim,

E eu aqui somente reclamando.
Nem pensei o porque vim
Este tempo todo te amando.

Fabiano Favretto


Nenhum comentário:

Postar um comentário