terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Ai, as flores!

Ai, as flores!
Antes fosse fácil entendê-las.
Mas não é fácil
E nem ao menos possível.

Porém é necessário e
Imprescindível
Fechar os olhos
Perante sua fragrância
Indelével.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário