sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Brinde

Ao ônibus que aos trancos anda,
Brinda sua cerveja um desgraçado.
E dentro deste que foi brindado, exclama
Um velho bebum, pobre coitado.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário