domingo, 25 de agosto de 2013

Moda de Viola

São os tristes versos
Do caboclo matuto
Que na viola ponteia
Deixando-a quase falar.

Traz a lembrança
De amores perdidos
Do irmão querido
E da terra de onde veio.

Moda de viola
Nas mãos idosas é presente
Na juventude é quase ausente
O que será de ti no futuro?

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário