segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Crônicas de um Caipira #4

- E tâmo mais uma vêis aqui pra móde fazê o concurso anuár do MATUTO MEDROSO! Vâmo apresentá os concorrente, gênte. Cada um que cá está diga u nomi e purque acha que vái ganhá.

- Mi chamo Zé do medo. To tendo medo por demais da conta de visage e espríto. Crédo em crúiz!

- Só pra lembrá ôceis que o premio é uma leitoa parruda pra mais da conta e doze galinha botadêra. Ê vâmo pro segundo compretidor!

- Mi chamo João medroso. Morrendo de medo de morrê! Dêus me livre de morrê, senão a muié me mata!

- Os concorrente tão forte minha gente! E vamo pro úrtimo concorrente! Peraí, é uma criança?

- Não não seu moço, vim pra móde avisá que o pai não vem pro concurso!

- Mas quar o nome do teu pai? E por que diabos o home não apareceu?

- O nome dele é Juca Valente! 

- Tá bão! e purque o véio não tá aqui?

- Purque o pai tava cum medo de chega aqui e perdê o concurso...



Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário