terça-feira, 5 de junho de 2018

Tocante

O violino tocante
Agora neste tempo,
Me dá ar neste instante
E também me dá contento.

O som, um paradoxo,
Faz minha existência se esvair,
Não de modo ortodoxo
Ao fazer meu peito contrair.

As cordas e o arco,
Falta saliva em minha boca!
Neste rio musical, um barco,
Navega sôfrega a minha voz rouca.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário