quinta-feira, 15 de março de 2018

Ciclo

Por favor, parem
Parem de roubar meus dias,
Dias que seriam bons
Bons mas ainda dias.
Dias que podem matar,
Matar e não deixar morto.
Morto eu não viveria,
Viveria talvez um dia:
Dia que vocês saberiam,
Saberiam até onde ir
Ir até eu pedir por favor.
Por favor, parem...

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário