quinta-feira, 25 de maio de 2017

Flor de pedra

És flor rochosa,
Pétrea roseira no campo.
De cristal é seu encanto,
E és também flor cheirosa.

Flor esculpida
E não germinada,
Foi no formão talhada
E não corrompida.

Porém és gelada
E na lisa superfície
Amalgamada,

Livre de toda imundície,
E assim tão amada
Não há quem não aprecie.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário