sábado, 19 de março de 2016

Monólogo a mesmo esmo.

- Sou eu esmo.
- Eu mesmo?
- Não, eu esmo.
- Por que esmo?
- Não sei. Por que mesmo?
- Mesmo a esmo!
- A esmo mesmo?
- Eu esmo.
- Não, eu mesmo.
- Não, a esmo mesmo, eu esmo.
- Mesmo eu?
- Esmo eu!
- Mesmo esmo.
- Eu.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário