terça-feira, 15 de setembro de 2015

E se eu indagasse

E se eu falar das armas ao invés das flores?
E se eu falar das guerras ao invés dos amores?
E se eu responder qualquer frase sem sentido?
E se eu não conseguir ser compreendido?
E se eu não indagasse
Talvez com poesia
Eu não engasgasse.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário