sábado, 9 de novembro de 2013

Perdi

Perdi o dom
Que eu tinha.
Das palavras,
Formar poesia.

Dos versos,
Fazê-los em rima.
E das letras
Sentimentalistas.

Perdi a coragem.
Talvez nunca a tive.
Perdi a vontade
De amar-te inclusive.

Perdi o meu chão
E tudo vago ficou.
De tudo o que eu tive
Só a lembrança restou.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário