domingo, 30 de março de 2014

Um dia vi

Não sei se foram
Os mesmos olhos
Que um dia vi.

Mas se mostraram
Ainda valorosos.
Tive vontade de sorrir.

Ao longe voaram
Calmos e orgulhosos.
E não mais os senti.

O caminho desviaram
Dos meus olhos dolorosos
E ao meu destino prossegui.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário