segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Reina

E hoje a noite cai,
Mas não são os relâmpagos:
É o tempo que se esvai
Levando junto o encanto.

E te amei nessa tempestade
Enquanto não chegava calmaria,
Era como se uma metade
Minha que facilmente esvaia.

Mas na madrugada
O silêncio reina
Em meio à estrada

Onde a hora teima
Fazer insistente chegada
Feito chama que queima.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário