sábado, 4 de maio de 2013

Rugas

   Rugas: discriminadas linhas de experiência, tachadas como vergonhosas e inoportunas, feias e injustas. Para que esticar a pele, aplicar botox e demais produtos químicos para esconder marcas tão naturais?
   Somente vejo em cada linha uma experiência vivida, uma fase passada, uma dificuldade vencida, um obstáculo transpassado. Pessoas vão adquirindo rugas à medida que envelhecem. Por que tornar isso motivo de vergonha? Quem disse que ter rugas te deixa mais feio? Ter rugas é sinal de experiência de vida, de encarar os desafios encontrados pelo caminho.
   Não evitarei rugas. Não seguirei padrões futilmente estabelecidos por pessoas que não conheço, e que buscam determinar o que é ou o que não é  belo, sobre qual o tipo de pele que um ser humano deve ter. Seguirei o curso natural estabelecido por meu corpo. Encararei cada linha em meu corpo como uma experiência vivida e como uma lição aprendida, aceitando com paciência a chegada da velhice.
   Quando me tornar idoso, quero olhar no espelho tocar o meu rosto e me orgulhar por poder sentir o quanto mais vivo me tornei. Quero sentir a textura de cada linha de experiência que surgiu em meu rosto. Quem sabe quantas experiências viverei e quantas coisas ainda aprenderei? Quero ter muitas rugas.



Fabiano Favretto

3 comentários: