quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Sobretudo compridos e ruivos.

Cabelos compridos,
Cabelos ruivos;
Sobretudo compridos.
Sobretudo compridos e ruivos.
Que perdição,
Que sol poente.
Que estrada quente,
Que desolação.

Olhando do cais
À meia noite
A lua sumindo
Entre meio
Cabelos compridos,
Cabelos ruivos;
Sobretudo compridos.
Sobretudo compridos e ruivos.

Fabiano Favretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário