sábado, 15 de setembro de 2012

Cantar e Tocar

   Cantar, tocar viola e se divertir em família. Como gosto destas reuniões onde podemos esquecer das trivialidades e rotineiras tarefas do dia-a-dia. Músicas antigas, caipirescas, músicas sertanejas de amores não correspondidos - a declaração bucólica de um pobre e velho caipira apaixonado.
   Cada música traz um sentimento à tona, algumas em especial (massolin del fiore, a sementinha, a goteira, etc), vivificam a união da família, que em voz uníssona exalta a satisfação e o prazer da convivência fraterna.
   Quero que estas reuniões nunca acabem. Busco aprender cada música e também procuro arquivá-las para que futuramente todos tenham acesso.
   O tempo não dá trégua e as responsabilidades surgem. Quase não há tempo de cantar e tocar. Todos envelhecem, mas permanecem com espírito de criança.
   Agradeço a todos que participam destas cantorias, em especial meu PAI e minha NONA, além de meus tios e tias que possuem um riquíssimo repertório musical para proporcionar estes momentos maravilhosos de descontração e união familiar.
   O futuro fica em nossas mãos. Se depender de mim, eu e minha família sempre cantaremos à memória daqueles que sempre souberam a melhor forma de transmitir suas experiência e sabedoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário